Nosso conteúdo

Projeto de Lei do Gás e a retomada da economia.

CARTA ABERTA AO CONGRESSO


Excelentíssimos parlamentares,


Neste mês de junho, completamos um ano do Novo Mercado de Gás – o ápice de um movimento que vem sendo discutido no Brasil há mais de uma década, que pode ter um resultado muito relevante para o desenvolvimento do país e para a reindustrialização com grande oportunidade de ampliar o crescimento do Brasil.


O gás natural é um insumo fundamental para inúmeros setores importantes da nossa economia: alimentos, medicamentos, extração e tratamento de minérios, siderurgia, indústria química, vidros, cerâmica e para geração de energia elétrica.


O Brasil é dotado de uma riqueza imensa desse gás nas reservas terrestres e marítimas do Pós-sal e do Pré-sal. Em pouco tempo, pode-se dobrar a oferta de gás no mercado e, por meio da introdução da efetiva concorrência, tornar o preço deste insumo competitivo para os mais diversos segmentos de consumo, provocando um efeito virtuoso e sustentável em nossa economia.


A indústria do gás natural e dos produtos associados podem aumentar em R$ 60 bilhões os investimentos no país, gerando mais de 4 milhões de empregos neste momento em que estamos precisando de um novo respiro para voltar a crescer.


O preço de gás definido pelo mercado vai baratear o custo de produção e fazer com que diversos produtos cheguem aos brasileiros com menor custo, podendo reduzir importações e até mesmo aumentar a exportação de produtos industrializados. Além disso, o gás também pode gerar energia elétrica mais barata e mais limpa, garantindo a segurança energética.


Está nas mãos do Parlamento e é urgente!


O projeto PL 6407/2013 vem sendo discutido exaustivamente entre vários agentes do setor de gás natural e encontra apoio de diversos segmentos: produtores, transportadores e consumidores. O projeto de lei tem as diretrizes necessárias para promover a competição e a redução sustentável do preço do gás, gerando todos os efeitos sociais e econômicos citados. A matéria já tem requerimento de urgência e o andamento do projeto nos trâmites dessa casa precisa do seu apoio.


Todas as entidades que subscrevem a este documento vêm a público pedir a Vossas Excelências a aprovação do PL 6407/2013. Contamos com o vosso apoio para garantir dias melhores para este país, dotado de recursos naturais abundantes.


Este compromisso vai abrir grandes janelas de oportunidade para o Brasil.


Até o dia 10 de junho as seguintes associações participam dessa iniciativa:

A lista de apoio será atualizada com novas adesões.


FÓRUM DAS ASSOCIAÇÕES EMPRESARIAIS PRÓ-DESENVOLVIMENTO DO MERCADO DE GÁS NATURAL

ABRACE – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE GRANDES CONSUMIDORES INDUSTRIAIS E CONSUMIDORES LIVRES

ABAL – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DO ALUMÍNIO

ABCP – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CIMENTO PORTLAND

ABDIB – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INFRAESTRUTURA E INDÚSTRIAS DE BASE

ABFA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE FERRAMENTAS EM GERAL, USINAGEM, ARTEFATOS DE FERRO E METAIS E ABRASIVOS

ABIAPE – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS INVESTIDORES EM AUTOPRODUÇÃO DE ENERGIA

ABICALÇADOS – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS DE CALCADOS

ABICLOR – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE ÁLCALIS, CLORO E DERIVADOS

ABIFA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FUNDIÇÃO

ABIFINA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE QUÍMICA FINA, BIOTECNOLOGIA E SUAS ESPECIALIDADES

ABIGRAF – ASSOCIACAO BRASILEIRA DA INDUSTRIA GRÁFICA

ABIHPEC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE HIGIENE PESSOAL, PERFUMARIA E COSMÉTICOS

ABIMAPI – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS DE BISCOITOS, MASSAS ALIMENTÍCIAS E PÃES & BOLOS INDUSTRIALIZADOS

ABIMAQ – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

ABIMETAL – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA PROCESSADORA DE AÇO

ABIMO – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA INDÚSTRIA DE ARTIGOS E EQUIPAMENTOS MÉDICOS, ODONTOLÓGICOS, HOSPITALARES E DE LABORATÓRIOS

ABIOPTICA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDUSTRIA ÓPTICA

ABIQUIM – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA QUÍMICA

ABIT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA TÊXTIL E DE CONFECÇÃO

ABITAM – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS DE TUBOS E ACESSÓRIOS DE METAL

ABITRIGO – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DO TRIGO

ABIVIDRO – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS DE VIDRO

ABRACEEL – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS COMERCIALIZADORES DE ENERGIA

ABRAGET – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA GERADORAS TERMELÉTRICAS

ABRAMAT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

ABRINQ – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS FABRICANTES DE BRINQUEDOS

AEB – ASSOCIAÇÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR DO BRASIL

ANACE – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS CONSUMIDORES DE ENERGIA

ANFACER – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS FABRICANTES DE CERÂMICA PARA REVESTIMENTOS

APINE – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS PRODUTORES INDEPENDENTES DE ENERGIA ELÉTRICA

ASPACER – ASSOCIAÇÃO PAULISTA DAS CERÂMICAS DE REVESTIMENTO

CERVBRASIL – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DA CERVEJA

COGEN – ASSOCIAÇÃO DA INDÚSTRIA DE COGERAÇÃO DE ENERGIA

COMITÊ NACIONAL DO GNV

ELETROS – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PRODUTOS ELETROELETRÔNICOS

FIEB – FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DA BAHIA

FIEMG – FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS

FINDES – FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESPÍRITO SANTO

FIRJAN – FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO RIO DE JANEIRO

GRUPO FARMABRASIL

IBÁ – INDÚSTRIA BRASILEIRA DE ÁRVORES

INSTITUTO AÇO BRASIL

INTERFARMA – ASSOCIAÇÃO DA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA DE PESQUISA

ONIP – ORGANIZAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO

PRÓGENÉRICOS – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS DE MEDICAMENTOS GENÉRICOS

SINDIREPA – SINDICATO DA INDÚSTRIA DE REPARAÇÃO DE VEÍCULOS E ACESSÓRIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

SINPRIFERT – SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DE MATÉRIAS-PRIMAS PARA FERTILIZANTES

SNIC – SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DO CIMENTO

Sindicato Nacional das Indústrias de Matérias Primas para Fertilizantes

@ 2019 - Sinprifert, todos os direitos reservados.